segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Saber amar, saber deixar alguém te amar (OS PARALAMAS ; 1982/83)

Enquanto minha mente vagueia entre lembranças e recordações
se perdendo no passado e em sentimentos adormecidos ou aparentemente adormecidos

Enquanto minha mente vagueia
meu coração se aperta,  o desejo aumenta
Aumenta o antigo desejo
Aquele desejo que há tantos anos
tentei adormecê-lo
assim como vulcões
que queremos que se mantenham inativos


Desejo, lembro do beijo
Que beijos, ai meu coração

Que abraço apertado,
quanto desejo
havia
naquele beijo

Meu coração esperou e vão
todos esses anos


Já se passaram 20 anos
Vinte anos se passaram
E no entanto
o amor permanece tão forte
tão forte quanto antes
ou mais forte que antes até


Sei que esse amor que sinto
é em verdade uma mentira
eu minto para mim mesma

Eu mesma nem acredito mais
mas, me agarro a essa crença
me pergunto por quê

Por que cativar um amor
de tempos áureos

Se eu de fato
me deixar lembrar
Se eu me permitir recordar
como era mesmo
há vinte anos atrás
Talvez, eu me "tocasse"

Talvez, só talvez
percebesse o despautério
que é e que já era

Eu era jovem demais
jovem demais para amar

Só hoje prend que
"saber amar
é saber deixar alguém te amar" (VIANA; Herbet  1983/84; Os Paralamas do sucesso)

E eu só aprendi a amar
porque o amor que o Thiago me dá
é o que me dá mais incentivo para me amar

Então, sou eternamente grata
por ele me cativar

E por tudo isso
e por quem ele é
que o amo

Eu o amo
demais

terça-feira, 22 de julho de 2014

É difícil acompanhar o que está ocorrendo pelo mundo, são tantas atrocidades e, tão raros os gestos de empatia, amor e compaixão. Aqui no Brasil, o povo padece com uma saúde precária, uma educação desvalorizada, desigualdade social, desvio de renda pública, autoritarismo, ditadura, ataques constantes aos direitos humanos, não se respeita os direitos humanos, não se importam com os direitos humanos. http://www.campograndenews.com.br/cidades/interior/secretaria-diz-que-professores-que-faltarem-terao-desconto-nos-salarios E, a elite alienada em seus barcos , festas, viagens, cruzeiros e, compras e, mais compras só pelo desejo de consumir. Enquanto isso, a grande parte da população sofre com os desmandos ditatoriais, a falta de liberdade de expressão, a proibição de se manifestar , é proibido protestar, se você protesta lhe arrancam sua dignidade, pois descontam seu salário, se você tem seu salário descontado, me diga como você vai viver? Que porra de governo é esse, que desrespeita e passa por cima dos direitos humanos? Proteste e fique sem ter como viver, descontar o salário de quem protestou contra uma educação precária, um salário injusto e, tantos outros absurdos que ocorrem no âmbito educacional, é assassinar os direitos humanos, é arrancar do trabalhador sua dignidade de viver, é tirar seu" ganha pão"!
Enquanto houver bolsa esmola, enquanto houver uma educação precária e, uma saúde desumana, teremos um país que não é nação! Continuaremos subdesenvolvidos! Enquanto, o povo for roubado, desrespeitado, desvalorizado , não seremos um país de fato! Como ser patriota, onde não há pátria? Como ter orgulho do Brasil, enquanto ocorre tanta atrocidade? Eu repito, eu reforço o que disse no início deste texto, é  difícil acompanhar o que está ocorrendo pelo mundo, são tantas atrocidades e, tão raros os gestos de empatia, amor e compaixão. Tento acompanhar o que acontece no mundo, desde o conflito na faixa de Gaza, a fome, o surto de Ebola e a epidemia da AIDS na África, atentados suicidas no Oriente Médio, guerras que os EUA incita ... http://www.varekai.org/disclosure/2014/02/25/agentes-dos-eua-incitam-guerra-civil-na-venezuela/

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Estrelas


E, quantas outras vezes hei de cair, até dar voos magníficos. Há de ser muitas caídas até lá. Mas, qual triunfante será o momento que alcançarei as estrelas. Renata Caldas


Foto

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Pelos olhos de um monstro, ou vc é uma bela presa ou o reflexo de sua alma!
Todos temos monstros, sombras, heróis e luzes dentro de nós! Neste momento estou diante da sombra de um monstro. Pois o monstro, sou eu mesma ... 
As pessoas te julgam, sem fazer a mínima ideia das suas dificuldades, das suas feridas escondidas pelas cicatrizes ... Elas fazem e e acontecem, enquanto você devaneia por uma vida que é um sonho que você sonha acordada, dormindo ... Antes de julgar, tente conhecer a pessoa que você julga!

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Diante de mim mesma

Diante da tv
anestesiada
da vida

diante da tv
ignorando
a ferida

fora da realidade
fugindo
me iludindo

Diante de mim mesma
dor profunda

dor enraizada
tão enraizada

Que por mais
feliz
que eu esteja

sinto me
triste

diante de mim mesma

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Minha vida

O quê é a minha vida?
Um sequência de tentativas
de viver

Tento ter uma vida
Vida, que vida?

Não posso dizer
que não tenho uma vida   

Afinal, estou viva

Tenho amigos maravilhosos

E, a melhor coisa na minha vida
Meu Namorado

E, que namorado!

Um lorde, um gentleman,
Um apaixonado

Ele é apaixonado por mim
Ele é atencioso, querido

Ele é tudo de bom
ele me compreende
me aceita

Meu namorado
me ama

Ele me ama
desse jeitinho que sou

E, eu sou uma mulher
melhor por ser amada
pelo melhor homem
que já conheci.

Existem pessoas que me adoram
pessoas que ficam felizes ao me ver

Existem pessoas que contam comigo
pessoas que querem minha companhia

Sim, tenho amigos
tenho amigos adoráveis


E, eles me amam!!!
Me planejei hoje para acordar cedo
até acordei, mas,
não fiz nada do que planejei

Não fui resolver minha vida acadêmica
não fui no CRP pedir outra carteira
visto que fui furtada e nem fiz B.O.

É, não fiz B.O.

Minha vida é furtada todo dia
e, não faço B.O.

Eu me roubo sorrisos
de mim mesma

Eu me assassino,
eu me desperdiço

Eu tento não me odiar
Tento, tento mesmo

Acho, até que
consigo me amar mais
porque sei que preciso

E, quando menos merecemos
é quando mais precisamos

Então
Diante do computador, um coração bate
um coração se dilacera

Minha mente inquieta
me questiona
me condena

Eu me sinto agoniada
triste, inútil

Penso na minha vida
ela passou em 34 segundos

Eu tenho mais de trinta anos
Eu tenho mais de 34 vidas
em uma vida mal vivida

Eu tenho arrependimentos
eu tenho descontentamentos

Sou uma montanha russa emocional
Em um dia, posso acordar muito triste
horas depois, algo pode me fazer
muito, muito feliz

No meio da tarde, já fico nervosa
insegura, chateada
Algo se revolta dentro de mim

A vida que pulsa em mim
ela se revolta,
me pressiona

Acorde para vida
Acorde para vida

Você está viva
e se perde na tv

Você vive vendo tv
Você vive uma " não vida "

E, claro
isso me deprime
isso me irrita

Isso me estressa
isso me domina
isso me sufoca

Socorro,
minha alma
clama por uma vida

Exige que eu viva
viva, viva, viva

E, diante do computador
meu coração aperta
se comprime e dói

Minha vida é um grande desperdício????

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Sou como uma borboleta
minha alma voa livre

Sou como um vulcão
tenho momentos de erupção
outros não

Tenho medo de trovões
mas, os amo

Adoro chuva
adoro frio

Não suporto calor

Quero ser mais madura
sem perder a doçura
de manter-me um pouco criança

Quero acima de tudo
encontrar meu caminho

Quero me tornar
quem sou