segunda-feira, 22 de abril de 2013

Das coisas que sinto
Das coisas do coração
Meus sonhos
Meus medos
Minha motivação

Não há um só dia
que a alegria
a doçura
e a fantasia
não façam de mim
uma mulher mais feliz

e todas estas coisas
simplesmente porque

sou sua

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Um dia, num lindo dia

E, que dia lindo

o dia que terei 

minha Clarinha.


Nesse dia

terei meu tão sonhado sonho 

Sonho que sonho há tanto tempo

e em tantos tempos de sonhos


Sonhos acordados, em sua maioria

e sonho sonhado.


Sonhando há tempos, tanto tempo no tempo dos sonhos

que no dia que tiver nos braços meus, minha filha

filha que já sonhava em chama-la de Clara! 

Assim, então quando este dia chegar, estarei a carregar nos 

braços meus, meu sonho realizado e personificado, minha 

Clarinha, enfim, para chama-la de filhinha!

Minha filhotinha!!! 

Um dia, um lindo dia ...

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Partir, repartir, resignificar

Uma parte de mim, tem que partir
Sim, uma parte de mim tem que me deixar
Esta parte de mim, que me tira do centro, que me põe do avesso referso de mim ...

Despeço-me, afasto aos poucos esta parte não apodrecida, mas que me adormece, que me entorpece e me rouba a razão.

Parte esta que me furtou o tempo, tanto tempo, quanto tempo?
Como um relógio sem bateria, fiquei a mercê da horas de outro alguém, de outros e de ninguém.

Não se mantém em mim a razão, não enquanto esta parte adoecida não for de certa forma "administrada", restaurada, resiginificada.


Sim, preciso ressignificar o quê há em mim que me mantém assim, estranha e adversa de mim mesma!

Renata Renat's, eu mesma! E o não Eu que me tornei e deixo-me de ser conforme Kronos me permite ...

Para Marilene Cambeiro Cambeiro