segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Seu olhar
acalmou a alma minha

Seu olhar
Ah, seu olhar

Se eu pudesse dizer
Teu olhar me possuiu

Se eu pudesse te ter
eu te diria

Me possua
sou toda sua

Seu olhar
Ah seu olhar

Seu olhar
sabe

Seu olhar
leu meu coração

Seu olhar invadiu-me
e acolheu-me

Sou sua
me possua
...

O oposto do vazio

Quero um abraço
colo carinho

Quero tudo
nada peço
apenas quero
não sentir o vazio

Esse vazio que persisite e insiste
em encher a alma minha
que me impede de caminhar
trilhar meu caminho bem sucedido

Quero paz!
É pedir demais?

...

Desabafos de um espírito perdido...

Sorte de hoje: Cada homem é arquiteto de sua própria sorte

"Essa é minha sorte de hoje no orkut...
Pô tô bem então, porque para uma arquiteta, tô melhor como desenhista de pausinhos...Ironias a parte.
Com ou sem sorte, o destino e minha força de vontade vão me ajudar a persistir e assim, conseguir um emprego...
Tá ficando insuportável não depender de mim mesma!
Um dia enlouqueço de vez, faço minhas malas e volto pra Marte!"
...

Psicocrafada por Lady Melancholya

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Notícias boas!


Sempre bom compartilhar das coisas boas, notícias( astrais) boas... hehehe

Brilho pessoal!

Sol em conjunção com Lua natal

DE: 16/02 (Hoje), 16h05
ATÉ: 05/03 , 13h39

Todos os anos, sempre entre os dias 16/02 (Hoje) e 05/03, o Sol em trânsito se conjuga à Lua do seu mapa, Renata. Este tende a ser um período feliz e de particular brilho pessoal, mas só se você estiver colaborando para esta felicidade. Traduzindo em miúdos, este ciclo age como uma espécie de "catalisador" para aqueles que vêm tomando atos construtivos e que estão se empenhando em algum projeto que envolva o próprio desenvolvimento. Para aqueles que se encontram na inércia, este ciclo também não deixa de ser positivo, e tem a ver com uma "sacudida" que o Universo dá na pessoa, estimulando-a a despertar, a acordar pra vida.

O efeito deste trânsito é o de uma "lua nova pessoal", um período propício para os novos inícios, para lançar-se em projetos novos. A sensação associada é a de renovação. Procure dar atenção aos seus impulsos de alma neste momento, pois, por mais "loucos" que lhe pareçam, eles estarão provavelmente lhe revelando os seus caminhos naturais para este período.

O Sol ilumina a Lua, Renata, o que sugere um período de maior consciência pessoal, uma fase de descobertas pessoais importantes; é provável que você venha a "se tocar" de aspectos de sua vida que estavam particularmente inertes e que você precisa se livrar. Neste período, cuja palavra-chave é a consciência, você se apercebe de hábitos e comportamentos que talvez tenham lhe agradado por muito tempo, mas que você precisa deixar para trás, a fim de se tornar uma pessoa melhor. E o mais interessante é que sua alma estará propensa a este ato de renovar-se. Aproveite!

Leia seus outros 8 trânsitos astrológicos do momento clicando na coluna ao lado. Entenda melhor o que são os trânsitos astrológicos


Personare previsão, fragmento

"...Uma das marcas registradas deste momento envolve a idéia de um desacordo entre a sua vontade pessoal e aquilo que você faz no sentido de validar os seus quereres. É como se você quisesse uma coisa, mas os seus atos contrariassem o seu próprio objetivo! Procure avaliar esta tendência neste momento, a fim de não se tornar uma espécie de sabotador da própria vontade, Renata! ..."

Marca registrada de pelo menos 2 décadas... A 1a década talvez releve-se...





sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009


Esse momento Before it all happens ...
É euforia, adrenalina ...
Vai acontecer afinal?
Kiss her!
She is waiting ...

Super coração partido- Episódio I




Não sei porque, eu ainda espero, espero mesmo, por aquela ligação do dia seguinte[...]
Pra quê(?), se já sei, que não tem ligação nenhuma...
E, claro, como eu ainda acho que vai ter um "after", se o "to be continued", nas minhas estórinhas nunca acontecem???
E, se acontecem, os episódios têm curtissíma duração?
É, os romances duram mais na televisão!
Mas, na minha vida há uma outra versão, coração desiludido, partido, esparramado ...

Quando eu terei o meu The end happy ever after?
Just the moon knows...

TO BE CONTINUED ...

(não é que existe?Síndrome do coração partido; Miocardiopatia...)

http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?653


Instituto de Combate ao Enfarte do Miocárdio


O Estresse Mental no Desencadeamento do Infarto Agudo do Miocárdio

O estresse mental ou emocional, como um dos desencadeadores do infarto agudo do miocárdio, tem sido sugerido há tempos. No século 18, o cirurgião John Hunter disse que sua vida estava nas mãos de qualquer salafrário que o escolhesse para aborrecer. Após sair de uma encarniçada reunião do conselho do hospital, Hunter, que sofria de angina do peito, entrou em colapso e faleceu (26).

Em 1836 o médico inglês John Calthrop Williams escreveu um tratado sobre as palpitações nervosas e simpáticas do coração em seu livro “Practical observations on nervous and sympathetic palpitations of the heart”. Nesse livro Williams chamava a atenção para o fato de que as desordens nervosas do coração eram muito freqüentemente confundidas com doenças orgânicas. A seguinte citação do trabalho de Williams vai direto ao ponto: “Nenhum homem, eu estou satisfeito, pode ser um patologista por inteiro, ou um médico criterioso, se devota sua atenção para um desses sistemas em preferência ou em exclusão a outro; através da vida eles agem perpetuamente e inseparavelmente juntos” (1).

... ... ...

Um dos primeiros trabalhos publicados sobre a relação do estresse emocional e o infarto agudo do miocárdio foi em 1939 com autoria de Patterson (5).

Em 1972 foi introduzida a Teoria Miogênica, desenvolvida por Quintiliano H de Mesquita, a qual prevê o estresse físico ou psico-emocional em seu mecanismo fisiopatológico, como alguns dos fatores desencadeantes do infarto agudo do miocárdio (9, 10, 11, 12).

A confirmação do estresse emocional como um fator de risco para o infarto do miocárdio

Somente há poucos anos a comunidade médica voltou à análise da relação entre o estresse e o infarto agudo do miocárdio. Vários estudos de observação clínica sugeriam que eventos estressantes emocionais precediam e pareciam desencadear o início do infarto agudo do miocárdio (42, 47).

. . .

Instituto de Combate ao Enfarte do Miocárdio


www.incl.rj.saude.gov.br/incl/noticias/istoe_16052005.asp - 12k -


quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Êxtase

Perdida em prazer e gozo
encontro a mim mesma
nos braços teus
agora
tão meus

Já não sinto nada
apenas
êxtase

Sou agora
apenas
sua

Nada mais quero
que os beijos teus

A sua boca
na boca minha

Nosso prazer
nosso gozo

Quero ser sua
só sua
Se assim me quizeres

Pois quero só você
se assim desejar

Quero ser teu prazer

Mentiras sinceras e autoprotetoras

Eu menti!
Menti porque temi mostrar-me tão vulnerável!
Menti porque, mostrar-me vulnerável, significaria que de fato, poderia um dia, ser sua, um dia, talvez...
E, se você tivesse essa certeza, de que sou sua, talvez não mais me quizesse...
Sim, eu menti, menti quando disse que não mais no amor acreditava.
Menti quando afirmei que tal dia havia chegado!
Menti, esse dia não chegou e, acredito que nunca chegará!
Nunca chegará o dia, em que meus sonhos se dissiparão como as areias que esvaiem-se ao vento...
O dia que meus sonhos esvanecerão!
Não, esse dia não chegará!
Eu hei de acreditar no amor e, na realização dos meus sonhos, até as minhas últimas horas.
Até que eu meu ar expiresse...
Mesmo assim , ainda acreditarei no amor, pois este sim é imortal!

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Demonstre, as palavras nada valem sem atitude!

Não, não diga "Eu te amo".
Não sussurre em meu ouvido "Isch liebe dich"
Nada de " Je t'ame" ou "I love you"!
Não suportaria ouvir tais palavras.
Meu coração não poderia sentir o seu bater por mim tão forte.
Não, não me diga que me ama.
Porque eu posso acreditar....
Me ame e cale-se!
Beije-me e me possua!
Arrebata-me!
Acho que o dia, que tanto temia
que evitei a todo custo....
ai, o dia que achei que não chegaria...
O dia que perderia meus sonhos.
Sim, esse dia chegou.
Acho que já não acredito no amor.
E, esse sim é o fim.
Pelo menos pra mim.
O que vale a vida, sem amor?
Ou pior, na crença que ele não mais existe ?
Ou é uma grande falácia!
Meu amor não foi platônico
nem surgiu das flechas de Eros

Meu amor também não foi
um sonho de uma noite de verão

Nem tão pouco uma ilusão
fantasia de carnaval

Meu amor existiu
e eternizou-se em mim

Como uma estrela
que já existiu

Agora brilha
No vasto ceú
do meu coração

Aquece minha alma
e me protege
da solidão

Amor rogeriano amor

Ele foi o sorriso amoroso
o beijo gostoso
o carinho na hora certa

Ele foi o melhor amigo
o abrigo certo
o aconchego

Ele é alma mais linda
o ser mais amado
encantado
perfeito
quase perfeito

Apesar de não mais
comigo estar

Continuo amando
bem lá no fundo d'alma
pois que ele é
e sempre será
meu sopro de vida

Minha alegria mesmo que passada
sempre Presente

O amor de todas as vidas vividas
e renascidas

O meu amor
meu único
e divino
amor

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

A união e o amor

A luz do amor brilhou mais forte no dia 31/01/2009.
Nesta data, fora celebrado a união entre o puro amor e a felicidade!
Minha irmãzinha casara-se com meu cunhadinho querido num finzinho de tarde, início de uma noite apesar de chuvosa, perfeita!
A cerimônia foi linda, emocionante, lacrimejante...
Lágrimas de pura satisfação, felicidade e, convicção absoluta, que estávamos presenciando o fenômeno simbólico do amor!
Elevo-me ao Olimpo, todas as vezes que me recordo do casamento de minha amada irmã com seu amado, nosso querido Fábio.
Só posso desejar ao casal, que sejam cada vez mais felizes, que se amem mais a cada dia e, que meus sobrinhos venham logo, porque estou ansiosa para ser tia!
Terei lindos sobrinhos!
Que os deuses do amor, da felicidade, saúde e prosperidade abençoem o casal Gama.
AMÉM!